A FESTA DO JACARÉ EM CIÉNAGA

Todos os anos no dia vinte de Janeiro, pouco antes do Carnaval de Barranquilla, há uma festa em Ciénaga, no departamento de Magdanela.

Há muitos, mas mesmos muitos anos havia um rio e uma menina muito traquina em Ciénaga.

Uma vez a menina saiu de casa sem os pais saberem e foi pela margem do rio sem destino. Ia por ir.

Debaixo da água do rio nadava um grande jacaré. Ao ver a menina seguiu-a. Sorrateiro foi-se aproximando da Tomazita, assim se chamava a menina. Ela descansada a ver os pássaros. Ele sorrateiro a segui-la. Quando a viu aproximar-se da margem pensou – é agora.

E foi.

Com a sua grande bocarra, cheia de dentes enormes, sacou-a para dentro de água e levou-a muito para o fundo.

E papou-a.

Os pais da Tomazita ficaram muito tristes e o jacaré muito contente de barriga cheia.

Não houve santa, nem santo que a salvasse.

Apesar de não ter sido salva por nenhum milagre, todos os anos a festa do jacaré repete-se. Sorte para o jacaré e para os de Ciénaga que têm uma festa antes do carnaval.

domingos lopes

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s