O Irresponsável

É preciso ser muito irresponsável para perder o respeito total ao cargo que desempenha. O homem que ocupa o mais alto cargo da Nação resolveu fazer figura de líder da coligação governamental e vir a terreiro atacar a Grécia e defender ao milímetro (como sendo sua) a política do governo Coelho/Portas.

Todos à uma, Passos, Portas, Cavaco, M. Luís, ao ataque, cheios de medo, não vá a Grécia conseguir demonstrar que não é com empobrecimentos e miséria que se resolve o problema dos países endividados que tanto lucro dão aos bancos e aos países como a Alemanha que nunca exportou tanto para Portugal como em 2014.

Apavorado pelo desastre que pode ter a coligação de que se arvora em mandatário vem manipular a opinião pública portuguesa do alto da cátedra afirmando que Portugal reembolsou o FMI como se tivesse liquidado a dívida. Portugal trocou de credor naquela parte da dívida.

Portugal vai pagar ao FMI com dinheiro obtido por empréstimo junto de outras instituições.

É ainda de uma cruel irresponsabilidade perante o país, o povo português, não aproveitar a corrente que se está a criar para obter melhores condições sobre as condições de pagamento da dívida do país…

Só uma ideologia estreitíssima ou algum plano futuro podem dar sustento a estas invetivas dos governantes portugueses.

O que os faz esfarraparem-se pela defesa dos interesses dos credores esquecendo-se dos pobres dos portugueses?

A resposta é demasiado óbvia.

Como pode um homem cujos amigos que ocuparam os mais altos cargos na banca e nas instituições causarem tão graves danos à economia nacional, atacar o povo grego por querer viver com a dignidade que a direita e o PASOK gregos lhe negaram?

É um homem perdido, obstinado na defesa dos filhos pródigos do CDS e PSD.

As suas declarações contra a Grécia constituem um marco na arte de ofender um parceiro no quadro da União Europeia. Nem a Alemanha foi tão longe.

Os papistas como Aguiar Branco, M. Luís, Portas, Coelho e Cavaco, em pânico, cuidando de si e do seu futuro, passam à frente dos credores e colocam-se na primeira fila para que deles não se esqueçam pelos serviços prestados. Grandes homens! Grande mulher!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s