FARSANTES

FARSANTES

O homem à custa de tanto imitar o São Cavaco, o seu santo protetor, caiu agora num exercício de imitação que só um daqueles padres experimentados o pode salvar com um exorcismo a preceito.

O Senhor Primeiro veio hoje a terreno criticar os políticos e não se ficou a perceber se ele em São Bento não faz política e se dedica com a M. Luís à psicologia experimental sobre o pieguismo, sua obsessão de há três anos bem esticados.

Cavaco, o político mais experiente, velha raposa da politiquice, também fala com desprezo da política. Ele nunca foi Primeiro- Ministro, nem é Presidente da República; ele é um santo eremita…Política não é com ele; é um vendedor de bugigangas, um bufarinheiro.

Talvez os portugueses não compreendam esta doença, mas eles sabem do que falam… Estão metidos até ao tutano no que esta velha política tem de rasteiro e opaco. São uns farsantes. E pediram os votos aos portugueses para irem rezar a Fátima, não foi?

Domingos Lopes

Anúncios

Um pensamento sobre “FARSANTES

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s