Lomonosov, Pushkin e Gorki no canil de Dnipro

A guerra na Ucrânia demonstra, como tantas guerras antigas e recentes, a ambição desmedida e a insensatez dos humanos.

A guerra destrói e mata, mas não só. Ela engendra um cortejo de irracionalidades que jazem no lado primitivo do homo sapiens e nesse ambiente de ódio se soltam.

Na cidade de Dnipro a Câmara Municipal decidiu retirar todas as estátuas de um cientista e escritores russos–Lomonosov, Pushkin, Gorki e colocá-las no canil da cidade.

Lamonosov viveu no século XXVII e foi um cientista de reputação mundial que descobriu antes de Lavoisier a lei da Conservação da Matéria/Massas.

Pushkin foi um dos maiores poetas russos de sempre e viveu no século XVIII e XIX, um escritor de renome mundial.

Máximo Gorki foi um dos mais célebres escritores russo/soviético que entre tantos e tantos livros escreveu a Mãe e nos deixou para todo sempre ligados a Pavel e sua mãe Pelágia.

Que têm estes gigantes humanos a ver com a guerra de Putin?

O que esta conduta revela é o ódio absolutamente inqualificável a tudo o que possa ser russo, mesmo sendo do melhor em termos universais que a Rússia deu à Humanidade.

Esta russofobia não ataca apenas as estátuas que serão atiradas para o canil. São um retrocesso ao tempo das bestialidades, da queima de bibliotecas, da destruição de obras-primas de outros povos, das razias, e visam toda a cultura e o humanismo que que estes e outros homens e outras mulheres nos legaram.

É preciso parar este desnorte e respirar a paz cada vez mais urgente.

Advertisement

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s