Fernando Pessoa e a flor do maracujá

A flor do maracujá é renascentista. Tem o seu quê de Vivaldi, de primavera. Os violinos agitam o centro da flor que se expande em ondas cromáticas entre o verde e o azul.

O Fernando Pessoa que via o que olhava, se tivesse visto a flor do maracujá tinha inventado outro heterónimo, pois nem o Caeiros, nem o Campos chegariam para esta flor. Imagino eu.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s