O país triste

Hoje nas ruas de Portugal a população olhava para o chão para esconder a tristeza. Havia os que faziam da tristeza(poucos) uma bandeira e desfraldavam-na para exibir o seu amor à causa da tristeza.

Luís Filipe Vieira já tinha dito -as vitórias do Benfica são a felicidade do povo português. Ele já tinha avisado.

António Costa leu bem o presságio e correu em socorro do homem incompreendido por tanta suspeição.

Disse Vieira a caminho de Tumba que havia uma campanha caluniosa contra o impoluto Presidente benfiquista. E mais não disse.

São grandes dizeres: que o povo é feliz se ele for feliz e que o andam a perseguir.

Por isso, esta manhã a tristeza silenciosa dos portugueses ouvia-se por todo o lado, incluindo para as bandas de S. Bento.

Em Salónica não era bem ele o perseguido; eram os jogadores do Benfica, pois os PAOKes tinham outro andamento e perseguiam a bola a outra velocidade. Faltavam-lhes pernas.

Se tivessem ganho sentenciou JJesus iam muito longe. O problema é que não foram. Ficaram.

Que tristeza. Que desgraça. Por onde anda a alegria?

O país e o seu Primeiro-Ministro andam tristes. Que tristeza. Valha-nos Jesus sempre super satisfeito consigo próprio. Se ele fosse em frente…Se.O se é uma palavrinha tão pequeninha e vejam a sua contradição com o propósito do catedrático das táticas e o seu desígnio de grande treinador como muito poucos na Champions. Ai se a rã não tivesse passado ao lado da vaca. Se…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s