As Pedrinhas e as Pedras da Segunda Circular

Bruno de Carvalho, incompreendido, sozinho, sofrendo por não o aplaudirem a cem por cento, olha longe, compungidamente,  e o que vê: pedrinhas e mais pedrinhas. Há muito mais quem veja pedrinhas e mais pedrinhas, sobretudo se olhar para cascalho. Mas o que ele vê e os outros não veem é o que escondem as pedrinhas. Talvez, por isso, os seus dotes de olhar e ver enquanto outros olham e não veem.

Bruno o homem sequestrado, isolado, vinte quatro horas a pé, mas a dormir com os olhos todos na conceção grega de que há um que é o da sabedoria, olha e vê LACRAUS às dezenas, mesmo sendo pedrinhas. É o que ele diz que vê referindo-se aos sportingados.

No outro lado da segunda circular as pedras são outras. Segundo Luís Filipe Vieira andam a pegar em pedras e a metê-las à frente do Benfica para impedi-lo de atingir os seus objetivos.

Coloca-se à nação benfiquista descobrir os autores de semelhante crueldade. Apenas uma ajuda: PJ? MP?

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s