Afinal o Diabo Veio e Levou-o

Perdido nos corredores da sede central do PSD, cada vez mais só, enfrentando os que se querem ver livres dele, Passos precisava de combustível para atenuar o descontentamento interno e fazer frente às sondagens que dão ao partido um dos piores resultados de sempre.

Com o país unido em torno da solidariedade às populações das áreas atingidas, Passos foi obrigado a remeter-se a um silêncio custoso.

(Continuar a ler no Público Online)

Anúncios