QUEM ESTÃO A MATAR?

Os homens, eram apenas homens, abriram uma cova para onde atiraram uma mulher jovem de vinte anos casada contra sua vontade e que pretenderia viver com um homem do seu agrado.
A mulher ficou de pé e com a cabeça à altura da superfície do chão.
Estavam em roda. Eram os chefes religiosos que pregavam a misericórdia de Ala.
A mulher no buraco e rodeada de todos aqueles homens foi obrigada a declarar a sua fé no islão.
Um dos homens atirou a primeira pedra e logo de seguida os outros. E os chefes militares talibans também. Em Ghalim, província de Ghor no Afeganistão.
Mataram-na com pedras pequenas, aliás como pretendiam.
Não os deteve a ideia de não poderem atirar a primeira pedra pelo simples facto de poderem ter várias mulheres.
A mulher na cova não queria o mesmo que eles. Apenas viver com o homem de quem gostava e não com o homem que seus pais a obrigaram a casar. Só.
Em cima, ao que dizem, deus, todo misericordioso, contemplaria os seus acólitos. A mulher morreu. Só ela? Quem está a matar deus? E depois?
domingos lopes

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s